Anfiteatro

FEMINICÍDIO NO BRASIL: UM DEBATE QUE PRECISA EXISTIR - Amanda Lavarini Calazans Moura, Caio Thales Gonçalves Bracarense Silva, LarissaFerreira Reis, Maria Clara Santiago Gualberto, Nicolly Bianca de Oliveira Gois

FEMINICÍDIO NO BRASIL: UM DEBATE QUE PRECISA EXISTIR - Amanda Lavarini Calazans Moura, Caio Thales Gonçalves Bracarense Silva, LarissaFerreira Reis, Maria Clara Santiago Gualberto, Nicolly Bianca de Oliveira Gois

por Comissão Organizadora G -
Número de respostas: 9

Resumo:

Muito se discute sobre a importância de debater temas que circundam o feminicídio e a violência contra a mulher, uma vez que se baseiam em crimes de ódio, relacionados ao gênero. Questionamentos sobre “como podemos evitar” ou “quais as causas disso” sempre vêm em pautas que devem ser validadas. É importante lembrar que o feminicídio vem como último ato da violência contra a mulher, fazendo-se necessário um olhar aprofundado e cuidadoso sobre suas causas, as formas de combate e a quem recorrer.

Mesa: Luiza Claure

 

86 palavras

Em resposta à Comissão Organizadora G

Re: FEMINICÍDIO NO BRASIL: UM DEBATE QUE PRECISA EXISTIR - Amanda Lavarini Calazans Moura, Caio Thales Gonçalves Bracarense Silva, LarissaFerreira Reis, Maria Clara Santiago Gualberto, Nicolly Bianca de Oliveira Gois

por Ana Matte -
Bom dia, Amanda, Caio, Larissa, Maria Clara e Nicolly,
Desejo um excelente UEADSL a todes nós!
Abraços da profe.

19 palavras

Em resposta à Comissão Organizadora G

Re: FEMINICÍDIO NO BRASIL: UM DEBATE QUE PRECISA EXISTIR - Amanda Lavarini Calazans Moura, Caio Thales Gonçalves Bracarense Silva, LarissaFerreira Reis, Maria Clara Santiago Gualberto, Nicolly Bianca de Oliveira Gois

por Camila Brandão Faustino -
O feminicídio é um assunto que deve sempre ser abordado! Artigo super importante.

13 palavras

Em resposta à Comissão Organizadora G

Re: FEMINICÍDIO NO BRASIL: UM DEBATE QUE PRECISA EXISTIR - Amanda Lavarini Calazans Moura, Caio Thales Gonçalves Bracarense Silva, LarissaFerreira Reis, Maria Clara Santiago Gualberto, Nicolly Bianca de Oliveira Gois

por Júlia Marra -
Artigo com temática extremamente importante, é vergonhoso que ainda existam pessoas que não tratam com seriedade os casos de feminicídio e que as vítimas não sejam protegidas ainda em vida pelo Estado. Como exemplo temos o caso da Eliza Samudio, onde algumas pessoas saem vestidas de goleiro com sacos pretos nas costas fazendo referência ao caso em tom de piada.

60 palavras

Em resposta à Comissão Organizadora G

Re: FEMINICÍDIO NO BRASIL: UM DEBATE QUE PRECISA EXISTIR - Amanda Lavarini Calazans Moura, Caio Thales Gonçalves Bracarense Silva, LarissaFerreira Reis, Maria Clara Santiago Gualberto, Nicolly Bianca de Oliveira Gois

por Luiza Lara do Val Claure -
Desejo boas-vindas a todes.
É com muito prazer que começamos mais um UEADSL!

Irei mediar as discussões e inicialmente, quero parabenizar aos autores pelo artigo. Fiquem à vontade para fazerem perguntas, comentários e discutirem sobre o assunto.

Um ótimo evento!
Abraços, Luiza.

42 palavras

Em resposta à Comissão Organizadora G

Re: FEMINICÍDIO NO BRASIL: UM DEBATE QUE PRECISA EXISTIR - Amanda Lavarini Calazans Moura, Caio Thales Gonçalves Bracarense Silva, LarissaFerreira Reis, Maria Clara Santiago Gualberto, Nicolly Bianca de Oliveira Gois

por Laryssa Cristina Leite Bicalho da Silva -
Amanda, Caio, Larissa, Maria e Nicolly, parabéns pelo trabalho de vocês! Realmente esse é um debate que precisa existir. O artigo me lembrou o livro "É assim que acaba", em que aborda sobre essa temática e traz diversas reflexões, como, por exemplo, a questão de sempre haver a pergunta do porquê a mulher não larga o agressor, invés de se perguntar o porquê é naturalizado homens serem violentos.

68 palavras

Em resposta à Comissão Organizadora G

Re: FEMINICÍDIO NO BRASIL: UM DEBATE QUE PRECISA EXISTIR - Amanda Lavarini Calazans Moura, Caio Thales Gonçalves Bracarense Silva, LarissaFerreira Reis, Maria Clara Santiago Gualberto, Nicolly Bianca de Oliveira Gois

por Wenderson Alves Marinho -
Boa noite! Parabéns grupo pelo trabalho.
Na opinião de vocês como podemos para o feminicídio e a violência contra a mulher no Brasil, outra coisa, o motivo que levam o silêncio dos politicos perante essas barbaridades esta relacionado a composição dos poderes executivo, legislativo e judiciário serem sua grande maioria composta de homens.

53 palavras

Em resposta à Comissão Organizadora G

Re: FEMINICÍDIO NO BRASIL: UM DEBATE QUE PRECISA EXISTIR - Amanda Lavarini Calazans Moura, Caio Thales Gonçalves Bracarense Silva, LarissaFerreira Reis, Maria Clara Santiago Gualberto, Nicolly Bianca de Oliveira Gois

por Tielle Souto -
Olá pessoal,
Parabéns ao grupo por abordar um tema tão necessário de ser discutido. Vocês apresentam questões importantes de refletirmos, pois não adianta ler matérias de jornais que falam de casos de feminicidio diariamente, precisamos compreender as causas, as formas de combater e a quem recorrer, assim como apontado no artigo.

Grande abraço a todes,

55 palavras

Em resposta à Comissão Organizadora G

Re: FEMINICÍDIO NO BRASIL: UM DEBATE QUE PRECISA EXISTIR - Amanda Lavarini Calazans Moura, Caio Thales Gonçalves Bracarense Silva, LarissaFerreira Reis, Maria Clara Santiago Gualberto, Nicolly Bianca de Oliveira Gois

por Leane de Souza Lino -
Parabéns autores! Muito importante debater a temática Feminicídio. Um marco importante para combate á violência de gênero no Brasil, criação da Delegacia em atendimento á mulher e a Lei Maria Penha (citada no artigo).

34 palavras

Em resposta à Comissão Organizadora G

Re: FEMINICÍDIO NO BRASIL: UM DEBATE QUE PRECISA EXISTIR - Amanda Lavarini Calazans Moura, Caio Thales Gonçalves Bracarense Silva, LarissaFerreira Reis, Maria Clara Santiago Gualberto, Nicolly Bianca de Oliveira Gois

por Príscila Alves Da Silva -
o feminicídio é um assunto que ainda precisa ser discutido em uma esfera maior, pois é um mal que assola a nossa realidade e com a pandemia isso se agravou ainda mais é preciso ter leis mais rígidas e que se cumpram de verdade.

44 palavras